Se eu te escrevo, é porque estava caminhando pelo canteiro como faço todos os dias, mas dessa vez tinha algo diferente, tinha aquele velho banco, e hoje reparei que ele estava de cor verde. Acho que não andei reparando nas mudanças, foi aí que percebi que também nada em mim é a mesma coisa. Quis sentar ali e chorar, chorar até soluçar, mas todos iriam me olhar e ninguém entenderia. Eu passei por ele e não olhei pra trás, alias, aprendi que não posso esperar que as coisas melhorassem por si mesmas, e que olhar pra trás não vai trazer nada de volta. Se eu te escrevo, é porque me lembrei de você, mas quer saber? Já passou.
Cartas de Charllote. (via azulais)

(Fonte: alvorado)


posted Há 3 dias with 25 notas
reblog
originally alvorado

(Fonte: titanios)


reblog
originally titanios

(Fonte: folha-de-maconha)


(Fonte: tu-es-irreal)


reblog
originally tu-es-irreal

(Fonte: paznativa)


posted Há 4 dias with 272 notas
reblog
originally paznativa
flor-de-alma:

Em nossas vidas, por favor. 

flor-de-alma:

Em nossas vidas, por favor. 

(Fonte: amoremdoseselevadas)



reblog
originally womenofthe-90s

(Fonte: futuro-namorado)


reblog
originally futuro-namorado

(Fonte: w-a-n-d-e-r-s-t-r-u-c-k)


(Fonte: a-r-s-e-n-i-c-o)


(Fonte: vontadenula)


reblog
originally vontadenula

reblog
originally floralls

(Fonte: )


reblog
originally sxsly

(Fonte: alohaban)


reblog
originally alohaban

(Fonte: methexys)


reblog
originally methexys
« 3 of 820 »
theme by heloísa teixeira